segunda-feira, julho 21, 2014

Polêmica: Ituano diz que perdeu para o "anti futebol"

Foto: Miguel Schincariol
            O site do Ituano não soube reconhecer a superioridade do adversário na derrota para o Brasil de Pelotas por 1 a 0, em São Paulo. Segundo o texto, da crônica do jogo, o clube perdeu para o "anti futebol". O jogador Samuel, da equipe paulista foi o primeiro a reclamar do time Gaúcho:
            “Eles vieram por uma bola, praticaram o anti futebol e jogaram algumas vezes até de forma desleal” lamentou Samuel. O técnico Fahel Júnior reforça a opinião sobre a partida: “Viemos com uma proposta de jogar. Sabíamos que o Brasil iria jogar fechado, marcando meio campo, até a 30 metros. Eles tiraram atacante e colocaram um meia, tiraram um lateral e colocaram um zagueiro e jogaram fechado o tempo todo. Também sabíamos que iriam jogar por uma bola. Seria uma bola aérea em lance de bola parada que é o forte deles. E sofremos o gol assim. Mas quem tentou buscar o jogo fomos nós. Tivemos dificuldades por causa do campo estar reduzido, mas treinamos isso esta semana” lembra Fahel Júnior que durante a semana treinou meio campo jogadas para enfrentar este sistema de jogo.
            Estranho é que se todos do Ituano sabiam como o Brasil de Pelotas ia jogar, como perderam a partida ? Eis a questão. Fazer faltas e trancar o jogo, todas as equipes fazem. Ser desleal é diferente. Faltou futebol ao Campeão Paulista.

Um comentário:

Guilherme Moreira da Silva disse...

Realmente! Enfrentar o Brasil de Pelotas hoje, é uma tarefa dificil para qualquer time da série D e também da C e B. a explicação é muito simples, O professor Rogério Zimmermann começa com sua categoria de base no Sub 25 e forma bem o timaço na Sub 30.

Guilherme Silva da XAPA-Xavantes do Paraná