quarta-feira, abril 30, 2014

Árbitros Gaúchos, Anderson Daronco e Jean Pierre são promovidos à Aspirantes FIFA


         Uma das apostas da arbitragem Gaúcha, o santa-mariense, Anderson Daronco foi promovido a árbitro aspirante da FIFA. O profissional anunciou a informação em postagem no seu facebook. Após se firmar na arbitragem regional, o juiz ganhou destaque nacional fazendo boas arbitragens no Campeonato Brasileiro de 2013.
        Outro árbitro Gaúcho que foi promovido, nesta quarta-feira, foi o pelotense Jean Pierre Lima. O juiz agradeceu o apoio de todos no facebook: "Agradeço o Apoio e a torcida de todos, em especial a minha família e minha esposa que sempre esteve comigo nos momentos mais difíceis. Mais um degrau superado. Feliz pela promoção à Aspirante FIFA" - declarou Lima

Grêmio é derrotado no primeiro jogo da final da Copa do Brasil sub-17

Foto: Site do Grêmio/Divulgação
           Nesta terça-feira, 29, Grêmio e Atlético-MG realizaram o primeiro duelo da final da Copa do Brasil sub-17, em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre, e o Galo largou em vantagem ao vencer por 1 a 0. Tabata foi o autor do único gol da partida. O tricolor gaúcho teve dois jogadores expulsos: Dionathã, aos 39 minutos da primeira etapa e Marcos, aos 27 do segundo tempo.

A PARTIDA
        O jogo foi bastante equilibrado. Até mesmo quando o Grêmio ficou com dois atletas a menos. Aos nove minutos, Erick recebeu lançamento pela direita, avançou, pedalou e chutou cruzado, mas a bola saiu desviada pela linha de fundo.  Três minutos depois, o Atlético teve falta perigosa a seu favor. Na cobrança a bola passou rasteira, perto do poste direito de Matheus.
        Aos 17 minutos, o Grêmio perdeu um gol incrível. Erick dominou pelo lado esquerdo e alçou na cabeça de Klauss. O camisa 11 cabeceou nas mãos do goleiro Cleiton, que deu rebote. Na volta, o jogador gremista isolou por cima do travessão. Aos 20 minutos, Liverson cobrou falta da intermediária, o arqueiro atleticano fez golpe de vista, a bola quicou e bateu no poste direito. Na sobra, Klauss cabeceou nas mãos do goleiro.
       Aos 25 minutos, foi a vez do time mineiro perder oportunidade claríssima de gol. Flávio ganhou dividida dentro da área, do lado esquerdo, e rolou para Cleitinho que entrava livre pelo centro. O meia quis arrematar de primeira e deu uma rosca para fora. Um minuto depois, ocorreu o gol da equipe visitante. Capixaba fez grande jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou para o meio da área. A bola desviou em Iago e chegou limpa para Tabata chutar forte e abrir o placar. 1 a 0.
      Aos 39 minutos o técnico Luiz Gabardo tirou Alef, preocupado que o atleta já tinha cartão amarelo. No entanto, no lance seguinte à substituição, Dionathã é que foi expulso pela segunda advertência.

Segunda etapa com mais um jogador expulso  e ainda assim a manutenção do placar
      Mesmo com a desvantagem numérica o Grêmio voltou disposto a atacar. Logo aos 4 minutos perdeu boa oportunidade para empatar. Em bola alçada na área, Klauss escorou para Erick que da linha da grande área, de chapa, chutou por cima. Aos 15, Erick cobrou escanteio, a bola passou por todo mundo e parou nos pés do Marcos, que chutou para fora.  Dois minutos depois, Erick cobrou falta da intermediária e Klauss cabeceou próximo ao poste esquerdo da meta atleticana.
       Aos 27 minutos, Marcos se desentendeu com atleta mineiro após falta sofrida por Klauss e foi expulso, deixando o Grêmio com dois jogadores a menos. Apesar do predomínio da posse de bola, o Atletico não levou grande perigo. A única chance clara veio apenas aos 40 minutos, quando Tabata recebeu na cara de Matheus, que saiu para abafar e fazer grande defesa.
       Agora, o Grêmio se espelha no feito da fase anterior, quando foi derrotado em casa pelo Fluminense por 2 a 1 e depois reverteu com grande atuação e vitória de 4 a 2 no jogo de volta, no Rio de Janeiro.
Mesmo com o resultado adverso, Diego Cabrera, Coordenador Técnico da base gremista, se mantém otimista em relação à conquista do título. “Pelas circunstâncias, o importante foi sairmos vivo para o jogo da volta. Este grupo já deu demonstração de força e superação ao derrotar o Fluminense na semifinal.  Podemos perfeitamente repetir esta façanha”, afirmou. "Hoje, não atuamos bem. E esta equipe não costuma repetir más atuações. Estou confiante, ainda mais que teremos retornos importantes", complementou.
        O atacante Nicolas Careca e o lateral-direito e capitão Raul cumpriram suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e retornam no jogo da volta, que acorre na próxima terça-feira, 6, a partir das 19h30min, no Estádio Independência, em Minas Gerais. Lembrando que para chegar à final o tricolor gaúcho eliminou Figueirense, Botafogo, Corinthians e Fluminense.

FICHA TÉCNICA
Grêmio (0)
Matheus Nogueira; Lucas Penteado, Marcos, Iago e Liverson (Vico); Balbino, Alef (Nikolas) e Conrado; Dionathã, Erick (Darlan) e Klauss. Técnico Luiz Gabardo Jr.
Atlético-MG (1) 
Cleiton; Adson, Jordan, João Salgado e César (George); Natan, Ralph, Cleiton José e Tabata; Capixaba (Marco Túlio) e Flávio. Técnico Ricardo Resende.

Gol: Tabata (A), aos 26 minutos do primeiro tempo.

CARREATA: Rio Grande comemora o Acesso pelas ruas da cidade !

WBA Sports
            Com a classificação à Divisão de Acesso de 2015 conquistada ontem, o Rio Grande seguiu as comemorações nesta segunda-feira(28). Nesta tarde a diretoria do Mais Velho organizou uma carreata, onde os atletas e a comissão técnica desfilaram em um caminhão dos Bombeiros. Torcedores e simpatizantes do Tricolor acompanharam a carreata, que saiu do Pórtico do Município e andou pelas ruas da cidade.

FOTOS DA CARREATA

Aline Rodrigues

Aline Rodrigues

Guarany de Bagé anuncia lateral

             A direção do Guarany Futebol Clube fechou com mais um atleta para a continuidade do Campeonato Gaúcho da Terceira Divisão.
            Já treinando nesta terça-feira, o lateral direito Eduardo Melo, de 22 anos é mais uma peça que Osvaldo tem como opção dentro do elenco.
            Natural de Porto Alegre, onde jogou no São José, o atleta também defendeu  Genus, de Rondônia. Formado nas categorias de base do Grêmio, Eduardo tem 1,74.
            “Eu estava acompanhando o campeonato e vi que o time começou mal e conseguiu uma rápida recuperação. A Comissão Técnica soube mexer no que era necessário para começar a ganhar, agora é no detalhe que iremos tentar subir”, explicou o atleta.

Sérgio Galvani
Diretor de Comunicação

Brasil de Pelotas renova com zagueiro

Foto: Italo Santos
         Certamente você já ouviu a frase bola pro mato que o jogo é de campeonato. Pois bem, para Cirilo qualquer pelada é jogo sério. E é essa seriedade que faz ele ser o dono da camisa 3 Xavante. Criado nas categorias de base do Brasil, ele percorreu o estado, jogou por vários clubes, mas retornou para casa, o estádio Bento Freitas. Jeferson Cirilo Mesquita Martha é a inspiração dos garotos pelotenses que, nos campinhos da cidade, tentam ingressar e ter sucesso na carreira de jogador profissional. E o zagueiro continuará sendo visto de perto pelos pelotenses. Ele é décimo terceiro jogador a renovar contrato com o Brasil para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro.
       Cirilo ostenta uma marca inigualável no futebol pelotense: ter conseguido o acesso à primeira divisão pelos três clubes da cidade. O menino que outrora deixava o Bento Frentas, e que completou 34 anos ao longo do Gauchão 2014, é eficaz na marcação e ainda é competente quando aventura-se no ataque. Da careca do zagueiro de 1,88m as redes já foram balançadas sete vezes. Se ele é experiente depois de ter jogado em diversos clubes, a disposição de hoje é a mesma de anos atrás. Cirilo é predestinado a vitórias vestindo vermelho e preto e seguirá sendo no próximo objetivo: chegar a Série C do Brasileirão.

Site do Brasil-P

MP ajuíza ação contra o Inter e clube pode pagar multa milionária

             Os Ministérios Públicos Estadual e Federal ajuizaram nesta segunda-feira, 28, uma ação de execução do Termo de Ajustamento de Conduta firmado em 10 de março junto ao Sport Club Internacional para garantir acomodações adaptadas às pessoas com deficiência. Conforme o TAC, as reformas, estimadas em R$ 64.125,00, deveriam ter sido realizadas em sua totalidade até o dia 5 de abril. Esse é o valor sugerido pelo MP Estadual e pelo MP Federal à Justiça Federal para a multa diária retroativa pelo descumprimento. 
           Além disso, a sugestão de multa para cada jogo da Copa do Mundo de 2014 realizado sem as obras efetivadas é de R$ 1,650 milhão. O valor é o mesmo previsto no contrato entre Internacional e Andrade Gutierrez caso alguma partida do Mundial não seja disputada no Beira-Rio. A imposição das multas era uma previsão do TAC em caso de descumprimento das cláusulas. A ação de execução tramita na 5ª Vara da Justiça Federal. 
           Conforme o Promotor de Justiça do Torcedor, José Francisco Seabra Mendes Júnior, todos os 19 assentos previstos nos camarotes e área vip não foram instalados, de acordo com vistoria feita no último dia 15. Da mesma forma, no anel superior, havia previsão de espaços em todos os portões de acesso, mas só houve uma criação parcial de vagas. “No último jogo, entre Inter e Vitória, conversei com cadeirantes e eles informaram que tiveram de ser empurrados rampa acima porque os elevadores ainda não estão em funcionamento”, disse o Promotor de Justiça durante coletiva de Imprensa na manhã desta terça-feira na sede do MP gaúcho. Além disso, a sinalização para evacuação de emergência e a adaptação dos sanitários não foram feitas. 
           Também participou da coletiva o Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Júlio Carlos Schwonke de Castro Júnior, que assina a ação pelo MPF. “Desde março de 2013, a situação é discutida no Ministério Público Estadual, e desde julho no Ministério Público Federal. Em setembro, os dois órgãos começaram a negociar em conjunto com o Internacional e esse processo levou um ano de debates e cerca de 40 reuniões com a diretoria do Clube para o TAC não ser cumprido”, disse o Procurador. 
          Conforme a ação, o Inter deve proporcionar, além dos 64 lugares do projeto original de reforma do estádio localizados no anel inferior, no mínimo mais 64 lugares adaptados às pessoas em cadeira de rodas, com boa visibilidade e ao abrigo das intempéries. Caso a demanda se torne muito grande, o Internacional havia se comprometido em aumentar o número de assentos para cadeirantes. Todos os locais adaptados do Estádio deverão contar com o respectivo assento para o acompanhante. 
          O Sport Club Internacional também não cumpriu o compromisso de dar publicidade da assinatura do documento e suas respectivas obrigações no site oficial do Clube, bem como a cláusula que previa o envio semanal de relatórios sobre o andamento das obras. 

MP

Ypiranga pode definir classificação antecipada

         O ano do Ypiranga tem sido muito bom. A campanha no Campeonato Gaúcho – Divisão de Acesso é a melhor entre todos os 16 participantes. Até agora, somadas as duas fases, o Canarinho somou 29 pontos em 13 jogos, com nove vitórias, dois empates e apenas duas derrotas.
         São cinco pontos a mais que o segundo colocado geral. O time tem ainda o melhor ataque, já tendo marcado 23 gols, ao lado do Inter SM. Além disso, a defesa é a segunda que menos sofreu gols.
Números somados ao título da primeira fase, que garantiu de maneira antecipada uma vaga no Gauchão da Série A em 2015. Nesta quinta-feira, feriado de 1º de maio, o time pode garantir a classificação para o play-off final do Campeonato, com uma rodada de antecedência.
        Para isso acontecer, o Canarinho tem que vencer o Nova Prata, em jogo que acontece no Colosso da Lagoa, a partir das 15h30, para não depender de resultados paralelos. Será o último jogo desta fase em casa.
       Na rodada final desta fase, o Ypiranga vai a Santa Maria enfrentar o Riograndense. Independente do resultado desta fase, o Clube já está garantido na Série A de 2015, mas a meta da direção e comissão técnica é garantir o título do Campeonato.

Edson Castro/Assessor

Santa Cruz tem jogo de vida ou morte na Divisão de Acesso

           Precisando de quatro pontos para escapar do rebaixamento, o Santa Cruz tem a partida mais importante dos seus 101 anos nesta quinta-feira, 15h30min, contra o Cerâmica, no Estádio dos Plátanos. E para contar com o apoio do torcedor, a direção mantém o preço dos ingressos: R$ 10 para o público em geral e R$ 5 para idosos e estudantes.
           Em um treino na tarde desta terça-feira, o técnico Lúvio Trevisan escalou a equipe titular com apenas uma alteração em relação ao grupo que perdeu para o Ypiranga no último domingo. O zagueiro Luis Henrique retorna de suspensão e substitui Renato Saldanha, lesionado. Com isso, Rodrigo, William Silva, Caio, Luis Henrique, Ivan, Diego Borges, Ramos, Carlos Eduardo, Juninho Silva, Igor e Geison devem entrar em campo. O artilheiro Éder Machado ainda sente dores no tornozelo e é dúvida. 
          Antes de concentrarem em um hotel, os atletas participam de um trabalho tático na manhã de quarta-feira, nos Plátanos. O último confronto do Galo na Divisão de Acesso será no domingo, contra o Nova Prata, fora de casa.

Assessoria

Anderson Son reforça o Bagé

          A semana começou com um motivo a ser comemorado no Bagé, especialmente, pela comissão técnica jalde-negra. A direção encaminhou a documentação de Anderson Son e o jogador será reforço para o segundo turno da Série B do Campeonato Gaúcho. O atleta trabalha no Pedra Moura desde o término do Campeonato Goiano. 
         Ontem à tarde, o técnico Murilo Costa deu indícios que deverá utilizar o jogador de imediato e, provavelmente, no meio campo. Sem Fernandinho e Evandro Moreira, que treinaram em separado, o meia esteve entre os titulares durante o coletivo. Com as alterações, Son compôs o setor ao lado de Tiago Rocha, Mateus Barbosa e Luís Fernando.
         Na atividade, Murilo deu mostras que poderá mudar a formação da equipe para a reestreia diante do Farroupilha, quinta-feira, no estádio Nicolau Fico. No esquema 3-6-1, o time teve Thales; Rafael, Heberson e Mateta; Alex, Tiago Rocha, Anderson Son, Mateus, Luis Fernando e Laércio; Alessandro Maranhão. 
Evandro, tratando de dores no adutor, e Fernandinho, que sofreu cinco pontos na boca após um choque no treinamento de sexta-feira, ficaram a cargo do fisicultor Andriani Padilha. Os dois serão reavaliados hoje, quando será encaminhado o time para o confronto em Pelotas. A partida está marcada para as 15h30min.

Fonte: Jornal Minuano/Marcel Nunes

Assembleia aprova a criação do Dia do Torcedor Colorado

Jefferson Bernardes/VIPCOMM
            Foi aprovado, na Assembleia Legislativa do Estado, o projeto de lei que institui o "Dia do Torcedor Colorado".  O projeto foi proposto pelo deputado Paulo Borges (DEM). A data é em homenagem ao título Mundial do clube, conquistado no dia 17 de Dezembro, de 2006. O presidente do Inter, Giovanni Luigi esteve presente na terça-feira, na assembleia, quando o projeto foi a votação na casa.
          O Dia do Torcedor Gremista já existe no calendário do estado e é comemorado no dia 15 de setembro, data de fundação do clube. A lei foi sancionada em 2003.

terça-feira, abril 29, 2014

EXCLUSIVO: Entrevista com o técnico Campeão do 1° Turno da Terceirona, Julio Batisti

Foto: Fábio Dutra/Jornal Agora
             Hoje o nosso BATE BOLA especial é com o técnico do Rio Grande, Julio Batisti, Campeão do Primeiro Turno, da Terceirona Gaúcha. O profissional irá falar sobre as principais dificuldades do clube até conseguir a vaga a Divisão de Acesso de 2015 e também sobre a campanha do clube. Confira a entrevista EXCLUSIVA que o treinador concedeu ao site PELEIA FC:

>>> Como foi a emoção de levar o clube mais antigo do Brasil a Série A2 ? Um recomeço?
Batisti: Não chamaria de recomeço, mas sim de uma nova história sendo construída. A última conquista do clube havia acontecido em 1962 e todo esse tempo levou o seu torcedor a estar sempre na defensiva, desconfiado, com a autoestima baixa, temendo o fracasso mais uma vez e o que esse grupo fez foi resgatar a paixão, o otimismo, mostrar que podemos mais, que é possível sonhar com conquistas e vitórias e esse sentimento ficou explicito ao final, pois se via muitos deles chorando de emoção e isso é que nos gratifica.
 
>>> Qual foi a maior dificuldade enfrentada contra o São Gabriel ?
Batisti: Vencemos bem o primeiro jogo da final em São Gabriel e isso nos proporcionou uma vantagem no jogo da volta, mas passamos alertando a equipe que não havíamos ganhado nada, que enfrentaríamos um belo time, bem treinado pelo Carlos Moraes e que jogaria conosco brigando pelo titulo e foi o que aconteceu. Nosso adversário fez um grande jogo, culminando com nosso time que esteve bem abaixo do que esperávamos. O importante foi que o campeonato premiou as duas equipes que se planejaram melhor para iniciar a competição.

>>> Qual foi o momento mais difícil no campeonato?
Batisti: Tivemos dois momentos muito difíceis. O primeiro deles foi a derrota para o Bagé, pois até aquele momento estávamos invictos e vínhamos evoluindo técnica e taticamente, além de liderarmos a competição, mas de líder, numa situação até certo ponto cômoda, caímos pra terceiro e com riscos de não nos classificarmos, mas reagimos rápido e na partida seguinte com Farroupilha, mesmo não fazendo um bom jogo, vencemos, o que nos garantiu a primeira colocação da chave. O segundo foi os minutos finais da decisão e que nos deixou muito preocupados, mas a equipe teve comprometimento suficiente para jogar com o regulamento e segurar o resultado que nos proporcionou vencer o 1º turno.

Arquivo Pessoal
>>> Houve dificuldade na montagem do elenco?
Batisti: Montar um elenco de atletas não é tarefa fácil. É preciso avaliar muito bem cada contratação, pois passamos juntos maior parte do tempo dentro do vestiário, no campo, em viagens, hotéis e acabamos fazendo uma nova família e o convívio em família deve ser de total respeito e confiança. Além logicamente de avaliar em detalhes a parte técnica de cada um, saber suas características, seu histórico profissional, entre outros fatores. Mas tenho uma maneira democrática de trabalhar e escuto muito minha comissão técnica, formada por profissionais competentíssimos e de total confiança e cada atleta que foi contratado debatíamos muito até solicitarmos contato da diretoria, sendo assim mais tranquila a nossa montagem.

>>> Como é contar com a experiência do goleiro Luciano ?
Batisti: Tem sido importante não só para o nosso trabalho, nas atuações nos jogos, mas principalmente no ambiente do dia a dia, pois apesar dos seus 44 anos, é o primeiro a chegar e o último a sair do treino, trabalha sempre no limite máximo e isso acaba contagiando os mais jovens que tem nele uma referência de atleta e grande pessoa.

>>> Na sua visão o Presidente da FGF, Francisco Novelletto acertou em limitar a idade da Terceirona em atletas até 23 anos, podendo usar 3 com mais idade ?
Batisti: Sim. Nós estávamos pré-acertados com alguns atletas acima dessa idade, pois acreditávamos que não mudaria, mas trabalhávamos num plano B caso fosse aprovada essa ideia, o que acabou acontecendo e com isso descobrimos novos valores que certamente não teriam a chance de mostrar suas qualidades. 

>>> Quais atletas a cima dos 23 anos o clube tem ?
Batisti: Temos o goleiro Luciano, conhecido de todos, o volante Alexandre que havia trabalhado comigo em anos anteriores, o meia de armação Rafael Pelezinho e após a FGF nos posicionar favorável sobre a contratação além dos três acima dessa idade, mas podendo atuar apenas três por jogo, acertamos com o zagueiro e volante Sávio que estava conosco desde o inicio, passando a fazer parte de forma oficial do grupo.

>>> Que recado o senhor deixa para o torcedor do Vovô?
Batisti: O mesmo que tenho deixado desde que cheguei a Rio Grande há 12 meses, ou seja, que acredite, que ande de cabeça erguida e com orgulho do vovô, que seja otimista em relação ao futuro do clube, que sonhe com títulos, que não tenha como lema  apenas o de torcer para o clube mais velho do país, mas sim pelas suas conquistas, pelas vitorias, mas principalmente que se apaixone, pois futebol se resume a essa palavra. PAIXÃO. 

Badico desabafa: Treinador pede que torcida fiscalize atletas e anuncia uma dispensa

Foto: Daniel Pillar /Assessoria Inter-SM
          O treinador Badico desabafou sobre algumas situações que não estão lhe agradando por parte de "um ou dois" jogadores do Internacional. O treinador disse, em entrevista a Rádio Imembuí, de Santa Maria, que a noite da cidade é um problema. Na semana passada, o treinador teve uma conversa séria com o elenco de jogadores a portas fechadas no estádio Presidente Vargas para manter o elenco focado:
          "A gente está tendo uma dificuldade fora de campo e hoje fiz um apelo para que o torcedor fiscalize. Os jogadores tem o grande mérito do sucesso, mas quem perde o sono somos nós. É fácil crucificar um treinador e uma comissão técnica. Hoje 60, 70% do atleta é parte física e se tu não se cuidar fora do campo, acaba tendo prejuízo botando um trabalho fora. Nós temos que ter respeito com a instituição e a cidade. Agora é lamentável tu estar em uma reta de chegada com plantel reduzido, mas de qualidade, pela irresponsabilidade de um ou dois." - disse Badico  
          O treinador também revelou a dispensa de um jogador, o zagueiro Vagner Garibaldi, que segundo Badico não está se cuidando após o tratamento: 
         "Na conversa de hoje, eu dispensei o atleta Vagner Garibaldi, jogador que eu trouxe, pois é um jogador que está machucado e não está fazendo o tratamento ideal, porque não está se cuidando após o tratamento." - finalizou
          Na próxima quinta-feira, às 15:30, o Inter-SM enfrenta o Avenida no estádio Presidente Vargas pela penúltima rodada da Divisão de Acesso. 

Guarany-BG: Direção anuncia mais dois reforços

         O Guarany segue repondo as peças para a disputa do segundo turno do campeonato gaúcho. Após a dispensa de atletas que não estavam sendo utilizados, as posições vão sendo preenchidas novamente.
Nesta segunda, mais dois atletas chegaram aos Estrela D´alva como opção para o técnico Osvaldo.
Jefinho é meia esquerda nascido em Camaquã, onde posteriormente jogaria no Guarany, o jogador tem 19 anos e também foi atleta do Novo Hamburgo. Formado no Pelotas, o jogador tem 1,68.
        “Estou desde já trabalhando para receber uma oportunidade. Não vim apenas para entrar no elenco, quero treinar para merecer chance entre os titulares”, definiu.
Alexandre, de 20 anos, é natural de Porto Alegre. Lateral direito formado no São José, onde também esteve em elencos profissionais. O jogador tem 1,80.
        “Temos pouco tempo para alcançar o objetivo que é subir, então tem que levantar a cabeça, trabalhar forte e ter a consciência que é uma ótima oportunidade de crescer na carreira e ser mais conhecido”, analisou.

Sérgio Galvani
Diretor de Comunicação

Badico colocou o cargo a disposição para o elenco

Foto: Daniel Pillar / Assessoria Inter-SM
             O técnico Badico abriu o jogo em entrevista a Rádio Imembuí, de Santa Maria sobre algumas questões que não estão lhe agradando, principalmente com relação a atitude fora de campo de "um ou dois jogadores". O profissional revelou que chegou a colocar o cargo a disposição para elenco na semana passada:
             "Na semana passada vocês (imprensa) estiveram no estádio e o portão estava fechado. Eu tive uma conversa muito forte com eles e coloquei meu cargo a disposição, não para a direção e sim para os jogadores. Eu sou um cara muito intenso no que faço. Eu tenho obrigação de dar o meu melhor para o clube que me abriu as portas como jogador e técnico" - disse o técnico Badico
             O profissional também falou qual o principal problema hoje de Santa Maria: 
             "À noite (...) Em Santa Maria este é o maior problema (...) Eu não sou contra, fui boleiro, mas tudo tem a hora certa. Eu era o cara que saía e tomava minha cervejinha, mas domingo eu dava a vida em campo. Mas hoje mudou, não se tem mais essa condição, pois o futebol é 60%, 70% perna" - declarou Badico

Fernando Gaúcho se despede do Avenida

          O atacante Fernando Gaúcho não faz mais parte do elenco do Avenida. Nesta segunda-feira, 28 de abril, o jogador procurou a Diretoria do Periquito e pediu sua rescisão contratual.
         Gaúcho, que disputou nove jogos pelo Avenida e marcou 4 gols, explicou os motivos de sua saída. "Estou com alguns problemas particulares e profissionais. Minha esposa está doente e preciso voltar para São Paulo. Hoje conversei com o presidente Jair, ele entendeu e acertamos a minha saída em comum acordo", explicou.
         Com as malas prontas, o jogador fez um retrospecto de sua passagem pela equipe de Santa Cruz do Sul. "Considero positiva minha passagem pelo Avenida. Confesso que senti um pouco de dificuldade de adaptação, fiquei 14 anos longe do futebol gaúcho, aqui a força é mais importante que a técnica, mas fui ganhando entrosamento com o time, trabalhei com dedicação e graças a Deus sem nenhuma lesão nesse período. Saio como artilheiro da equipe, junto com o meia Alexandre e sei que fiz a minha parte", disse ele, completando. "Quero aproveitar para agradecer o presidente Jair Eich pela confiança e respeito como sempre me tratou, os funcionários, a comissão técnica, os jogadores e a torcida, que sempre se mostrou apaixonada pelo clube. O Avenida tem um grupo vencedor que, mesmo nos momentos de derrota, demonstrou maturidade. Vou estar torcendo para que o time conquiste o acesso e que essa campanha tenha um final feliz", finalizou.

Guarany de Bagé contrata dois jogadores

Divulgação
             O Guarany de Bagé confirmou a contratação de mais dois jogadores para a sequência da Terceirona Gaúcha. O meia atacante Gustavo Guerra, ex-São José e o volante Ricardo Foguinho, ex-Liverpool do Uruguai..

Nome: Gustavo Guerra
Idade: 19 anos
Posição: Meia Atacante
Clube Anterior: São José-RS
Base: Grêmio
Altura: 1,70

Nome: Ricardo Foguinho
Idade: 22 anos
Posição: Volante
Clube Anterior – Sul América-AM (2013) Guarany de Camaquã (2012)
Base: Nacional-URU e Liverpool-Uru
Altura: 1,76

Sérgio Galvani
Diretor de Comunicação

segunda-feira, abril 28, 2014

Ex-jogadores da dupla Ca-Ju avaliam que Caxias foi melhor no clássico

       Fotos: Cianorte F.C. e Arquivo Pessoal Camazzola
            O técnico Paulo Turra, ex-zagueiro do Caxias, e o volante Camazzola, ex-Juventude, assistiram ao Ca-Ju desse sábado, dia 26, no Centenário, pela primeira rodada da Série 'C' do Campeonato Brasileiro. Após o empate em 0 a 0, ambos consideraram melhor do desempenho do dono da casa. 
            - Achei que o Ju começou melhor mas, após os 30 minutos do primeiro tempo, o Caxias tomou conta das ações. O resultado foi justo. Se tivesse que haver um vencedor, porém, seria o Caxias - avalia Paulo Turra, campeão gaúcho de 2000 como zagueiro do Caxias. Como treinador, seu clube mais recente foi o Avaí.
             O volante Camazzola, 31 anos, ainda está em atividade. Quer atuar no Brasil após várias temporadas na Europa. Ele viu uma superioridade ainda maior do Caxias.
             - Foi possível perceber que o Caxias é, no momento, um time mais organizado que o Juventude e com alguns jogadores superiores tecnicamente. O meio-campo do Caxias foi melhor e seu ataque tem jogadores rápidos e de muita qualidade técnica. O jogo teve muitos erros de passe, mas clássico na primeira rodada é sempre complicado - afirma Camazzola, que vestiu a camisa do Juventude na primeira década dos anos 2000.

União vence Tupi com gol nos descontos e assume a vice-liderança em sua chave

      No sufoco, nos descontos, no apagar das luzes, como queiram...  Numa espécie de “jogo épico”, o União Frederiquense recebeu o Tupi de Crissiumal, em Frederico Westphalen, e, com um gol aos 46 minutos da etapa final, venceu por 1 a 0.

PRIMEIRO TEMPO 
       Esperava-se um jogo difícil. Além de até então estar como líder da chave e possuir uma das melhores campanhas da competição de forma geral, o adversário não sofria gols há seis partidas. 
       O União começou melhor e em seis minutos criou duas boas oportunidades, ambas com Lucas Viana, uma em cobrança de falta que o goleiro Baiano defendeu e outra com uma cabeçada que raspou o poste. 
        Logo depois o Tupi encaixou e emparelhou o jogo. Mesmo assim não houve mais nenhum lance perigoso e a etapa inicial acabou sem gols. 

SEGUNDO TEMPO 
        A segunda etapa seguia parelha, difícil, com bastante pegada e intensa em termos de marcação. A melhor chance foi do Tupi, aos 11 minutos, depois de uma cabeçada que parou na trave de Lucio. 
        O União, precisando da vitória, se jogou ao ataque e manteve maior posse de bola, mas a defesa do Tupi seguia intransponível e provava o porquê de não sofrer gols há seis partidas. 
        Porém, a busca incessante pela vitória acabou sendo premiada. E nos descontos. Aos 46 minutos, Diego Miranda cobrou falta pelo lado direito e Jésum raspou de cabeça, desviando e “matando” o goleiro Baiano, “explodindo” o Vermelhão! Entretanto, o árbitro deu o gol para Diego Miranda. 
        Fim de jogo com vitória dramática do União! Com o resultado o Leão da Colina chegou aos 10 pontos na chave A, assumiu a vice-liderança e cresceu, também, na classificação geral. 
       Na próxima rodada o União Frederiquense viaja a Rio Pardo, quando, na quinta-feira, enfrentará o Riopardense, jogo marcado para o estádio Amaro Cassep, às 15h30. 

Site do União

Riograndense desperdiça oportunidades e empate com Cerâmica

Foto: Tiago Nunes/Peleia FC
            Faltou pouco para o Riograndense conquistar a sua terceira vitória seguida na Divisão de Acesso. O time do técnico Luciano Correa se postou bem dentro de campo, dominou as ações do jogo, no estádio dos Eucaliptos e criou boas chances para sair com uma vitória frente ao seu torcedor. Contudo, na etapa final, quem abriu o placar foi o Cerâmica, em um contra-ataque, Danilo recebeu de Júlio Abu e na cara do goleiro Romário marcou para os visitantes. Porém, dois minutos depois, o Riograndense reagiu rápido e Jajá dentro da grande área balançou a rede para o Periquito. O atacante chegou a marca de 10 gols na competição e está entre os artilheiros da Série A2.
           Com empate, o Riograndense caiu uma posição do Grupo B da Divisão de Acesso. O esmeraldino está com 7 pontos e perde nos critérios para os adversários que também tem a mesma pontuação como Cerâmica e Glória. O time de Vacaria é o próximo adversário do Riograndense. O jogo será quinta-feira, no estádio Altos da Glória.

Inter-SM aplica goleada de 6 a 0 no Riopardense e assume liderança do Grupo

Foto: Daniel Pillar / Assessoria Inter-SM
            O Internacional de Santa Maria não tomou conhecimento e passou por cima do Riopardense, no estádio Amaro Cassep. O time do técnico Badico, mesmo com alguns desfalques como do goleador Josiel, goleou por 6 a 0 o peixe, na tarde de domingo. O show de gols iniciou com Marco Antonio, que marcou 3 vezes, depois Fábio Alemão, Roger Bastos e Athan balançaram a rede para o alvirubro. Com a sonora goleada, o Inter-SM chega a 10 pontos e assume a liderança do Grupo A da Divisão de Acesso com 10 pontos. No próxima dia 1° de Maio, o Inter-SM pega o Avenida, no estádio Presidente Vargas, às 15:30.

Ypiranga vence e mantém a liderança

           Na tarde deste domingo, o Ypiranga teve mais um desafio pelo Campeonato Gaúcho de Futebol – Divisão de Acesso. A equipe de Erechim pegou a estrada e enfrentou o Santa Cruz na casa do adversário. 
A partida começou com as duas equipes em situações diferentes na competição. O Canarinho buscava manter a liderança do Grupo B, enquanto o Santa Cruz ocupava a lanterna do grupo e precisava vencer para manter vivo o sonho de retornar a elite do futebol gaúcho. 
            Com a bola rolando as duas equipes não chegaram uma partida boa tecnicamente, mas mostraram muita vontade e buscaram a vitória desde os primeiros minutos. Mas nos primeiros 45 minutos de partida os poucos torcedores que foram até o Estádio Dos Plátanos não viram gols. 
           Mas na segunda etapa a partida cresceu em emoção. As chances de gols começaram a aparecer, mas as conclusões não saíam com precisão. Aos 30 minutos Brandão invadiu a área e chutou para boa defesa do goleiro adversário. Logo na sequência a equipe de Erechim teve um escanteio ao seu favor e Guto recebeu a bola na entrada da área e abriu o placar para a equipe de Erechim. 
          Mas o Ypiranga não teve tempo para comemorar. No minuto seguinte Éder Machado aproveitou a desatenção do sistema defensivo do Ypiranga e deixou o placar em 1 a 1
         A partida estava se encaminhando para um empate, mas aos 40 minutos Flávio invadiu a área pela esquerda e chutou sem chances do goleiro adversário. A vitória parecia assegurada, mas aos 47 minutos o Ypiranga teve um susto, pois a arbitragem deu um pênalti em favor dos donos da casa. Na cobrança  Eder Machado chutou para fora e o placar final foi 2 a 1 para a equipe de Erechim. 
        No final de partida Guto ressaltou que a vitória foi boa principalmente pelo fato do Canarinho seguir na ponta da tabela e com possibilidade de levar os jogos decisivos para  o Colosso da Lagoa. 
Juninho Tardelli disse que apesar da partida não ser tecnicamente bom, foi uma partida de duas equipes que buscaram a vitória durante os 90 minutos. 
         Depois de jogar duas partidas fora de casa, a equipe de Erechim entra em campo novamente em seus domínios na próxima rodada. No feriado da próxima quinta a equipe de Erechim enfrenta o Nova Prata na partida que pode carimbar o passaporte do Ypiranga para a próxima fase da competição.

Edson Castro/Assessor

Marau perde para o Glória em Vacaria


             O Marau foi à Vacaria com várias mudanças no esquema tático e na composição do time, devido à lesão do meio-campo Adilson. Entre as alterações feitas pelo técnico Vanderson Pereira esteve a entrada de três zagueiros: Alex Albert, Saulo e Glauber, além da entrada do meio Dione e do atacante Max. E, sem se adaptar ao novo esquema, a equipe perdeu por 3x0.
            O primeiro tempo começou agitado e o primeiro gol saiu logo no início, com o atacante Guto. A equipe marauense tentou reagir, mas o Glória pressionou e teve as melhores chances da primeira etapa. No segundo tempo, o gol saiu logo no primeiro minuto, com Alê Menezes que ampliou o placar. O jogo ficou mais acirrado e o Vanderson apostou em mais mudanças. Além da entrada de Diego Campo, também entraram Anderson e Vagno. Apesar disso, a equipe acabou sofrendo mais um gol. No final da partida, Alê Menezes fechou o placar em 3x0.

Próximo jogo
                O FC Marau volta à campo na próxima quarta-feira, às 15h30min, contra o Brasil de Farroupilha, no estádio Carlos Renato Bebber. O último jogo da fase de grupos do segundo turno acontece no próximo domingo, contra o Cerâmica, às 15h30min, em Gravataí.

Assessoria Marau 

Em jogo de muitos gols, Brasil empata com o Nova Prata fora de casa

           Em uma partida cheia de gols e de muita contestação com a arbitragem, Nova Prata e Brasil empataram em 3x3 neste domingo, dia 27. O rubro-verde mostrou muita personalidade, principalmente na segunda etapa. Anderson Ijuí, Jean Carlo e Maurício fizeram para a equipe de Farroupilha, Alagoano (2) e Douglas Silva para os mandantes.
            O Brasil foi surpreendido logo a dois minutos de partida, com o gol de Alagoano. Antes de marcar o de empate com Anderson Ijuí, o rubro-verde ainda criou com Diegão: um chute na trave e outra grande defesa do goleiro Bastos. Aos 12, em jogada trabalhada, o Nova Prata marcou com Douglas Silva.
           No intervalo, o técnico Suca promoveu Jean Carlo. Impondo grande movimentação, o meia marcou o gol de empate aos 20 do segundo tempo. A virada da equipe farroupilhense veio na bola aérea com Maurício, os 26. Aos 39 minutos, o Brasil novamente foi surpreendido, mas desta vez pelo árbitro Ademir Zualianelo, que assinalou pênalti inexistente a favor da equipe da casa. Alagoano deu números finais ao jogo: 3x3.
        Agora, pela sexta rodada, o Brasil enfrentará o Marau fora de casa. O confronto está marcado para esta quinta-feira, dia 01, no Estádio Renato Bebber, a partir das 15:30 horas.

Assessoria Brasil-FA

Panambi vence o Canoas

Luciano Gasparini | Kokka Sports
           Na tarde deste domingo (27), o Canoas recebeu a SER Panambi, em partida válida pela 5ª rodada do segundo turno da Divisão de Acesso, e foi derrotado por 3 a 1. Todos os gols aconteceram na segunda etapa. Cristian Fábian, Vinícius e Gavião marcaram os gols do time visitante.  Júlio Cezar descontou para a equipe canoense.
         O time do Canoas foi a campo com cinco importantes desfalques. Três deles suspensos por cartão e que vinham atuando como titular: o lateral Diogo Bahia, o meia Michel e o atacante Elton. Além deles, dois que seriam os substitutos imediatos sofreram lesões musculares durante a semana, nos treinamentos, e não foram relacionados para a partida: o lateral Giovani Vera e o meia Zezé. Com isso, o técnico Marcelo Estigarribia se viu obrigado a improvisar nos três setores da equipe.

A PARTIDA
          Em virtude das modificações, o Canoas demorou um pouco a se encontrar no jogo e o Panambi do técnico Lúcio Collet começou melhor. Logo a três minutos, Gavião recebeu na intermediária e desferiu um chute perigoso, que passou por cima da meta de Gabriel. Nove minutos mais tarde, Adãozinho puxou contra-ataque, atraiu a marcação de dois adversários e tocou para Rangel entrar livre pelo meio. O camisa 8 do time visitante também chutou por cima.
         O Canoas começou a igualar as ações no meio de campo e teve várias oportunidades. Aos 14 minutos, em excelente tabela entre Edu Silva e Edinilson pelo lado direito, depois da troca de quatro passes de primeira, Edinilson recebeu na frente da área e chutou forte. A bola desviou na zaga e foi para escanteio. Três minutos depois, Peterson interceptou chute na área de defesa do Canoas, tocou rápido para Edu Silva, que acionou Edinilson no ataque. O camisa 9 deu uma bomba, mas sobre o travessão. Aos 24, Liniker recebeu na intermediária e arriscou, mas a bola foi por cima. Um minuto depois, Edu Silva cobrou rápido uma falta para Paulo Matheus que entrava livre pela direita, mas ele chutou depressa para evitar aproximação do zagueiro e perdeu boa chance. Aos 31, o Canoas teve nova falta a seu favor. Desta vez perigosa, logo a frente da meia lua da grande área. Ceará soltou um petardo, mas na barreira.
          Aos 39 e aos 43 duas boas chances para o Panambi. Na primeira oportunidade, Lucas Podadeiro invadiu a área pela direita e caiu quando se preparava para chutar. O time todo pediu penalidade, alegando puxão da camiseta, mas o árbitro Leandro Alflen mandou seguir. O atleta do time visitante reclamou até levar cartão amarelo.  Na sequência, a chance mais clara do primeiro tempo. Lucas Podadeiro foi à linha de fundo, pelo lado direito, e cruzou para Rangel, que entrava na segunda trave, mas o camisa 8 estava pressionado e concluiu rente ao poste direito de Gabriel.

Segundo tempo teve substituição dos dois goleiros e quatro gols em 28 minutos
         Aos nove minutos, Liniker, o capitão do Canoas, cobrou falta da intermediária e a bola se chocou na trave esquerda de Fabiano antes de sair pela linha de fundo. Cinco minutos mais tarde, Paulo Matheus puxou veloz contra-ataque pela direita e tocou para Edinilson, que entrava em diagonal no lado oposto. O camisa 9, dominou e mandou uma bomba de perna esquerda. A bola passou perto do ângulo direito do goleiro visitante.
           Aos 20 minutos, depois de bate-rebate dentro da área do Canoas, Cristian Fábian pegou rebote para abriu o marcador. 1 a 0. Mas a equipe de Panambi teve pouco tempo para comemorar. Aos 24, Liniker cobrou falta da intermediária, pelo lado direito, e colocou na cabeça do zagueiro Júlio Cezar, que tocou para o fundo das redes para empatar.
         A partir da igualdade no placar, as duas equipes se abriram, já que ambas necessitavam dos três pontos em busca da classificação às quartas de final. E o Pabambi foi mais feliz. Aos 30 minutos, depois de cobrança de escanteio da direita, a bola ficou quicando na marca do pênalti. O zagueiro Márcio Nunes encheu o pé, mas por cima do travessão. Aos 35 minutos, Liniker cometeu falta quase no bico da grande área, do lado esquerdo de defesa. Gauchinho bateu no canto inferior, rente à trave. Gabriel se jogou para evitar o gol. No entanto, se chocou com o rosto no poste e teve de ser substituído. Antes, o goleiro Fabiano, do Panambi, também havia saído por lesão muscular na coxa direita. Guilherme Costella entrou em seu lugar.
       Aos 40 minutos, em falta levantada na área, Vinícius subiu mais alto para desviar e colocar o Panambi na frente outra vez. 2 a 1. Aos 41, quase o Canoas empatou. Liniker cobrou falta forte, no meio do gol. O goleiro Guilherme deixou escapar para o meio da área, mas a zaga afastou para escanteio. Aos 47, o golpe de misericórdia da equipe visitante. Cristian Fabian ganhou na corrida pelo lado direito e cruzou na pequena área para Gavião desviar para o fundo do gol. 3 a 1.
         Com o resultado, o Canoas segue em penúltimo na classificação geral com seis pontos. Ainda restam duas partidas para o término da fase classificatória. O time canoense  não tem mais como alcançar o Santa Cruz, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Portanto, apenas a conquista do acesso à primeira divisão salva o clube de ter que disputar a Segundona (terceira divisão) em 2015. Para obter vaga às quartas de final será necessário vencer os dois jogos que faltam e torcer por resultados paralelos.

FICHA TÉCNICA
Canoas (1)
Gabriel (Rafael); Otávio (Egon), Júlio Cezar, Ceará e Wágner; Liniker, Peterson, Gustavo e Paulo Matheus (Lucas Lima); Edu Silva e Edinilson. Técnico Marcelo Estigarribia.
Panambi (3)
Fabiano (Guilherme Costella); Deivid (Faísca), Márcio Nunes, Vinícius e Gauchinho; Rodrigo Dias, Rangel, Luís André (Cristian Fabian) e Adãozinho; Lucas Podadeiro e Gavião. Técnico Lúcio Collet.
Gols: Todos na segunda etapa. Cristian Fabian (P), aos 20min; Júlio Cezar (C), aos 24min; Vinícius (P), aos 40min e Gavião, aos 48min.
Arbitragem: Leandro Alflen, auxiliado por Henrique Coromberk e Mateus Rocha.
Estádio: Sady Arnildo Schmidt, em Campo Bom.
Data e horário: 27/04/2014, às 15h30min. 

Assessoria

domingo, abril 27, 2014

"O VOVÔ VOLTOOOU" - Rio Grande é campeão do 1º turno da Terceirona e sobe para Série A2


        Terminou com festa em Rio Grande o primeiro turno da Terceirona Gaúcha 2014. Apesar de ter perdido o jogo por 1 a 0, no estádio Arthur Lawson, o Vovô conquistou o título do turno e garantiu a vaga a Divisão de Acesso de 2015, pois soube jogar como regulamento de baixo do braço. O mais velho do Brasil havia ganho o primeiro jogo, contra o São Gabriel, na casa do adversário, por 2 a 1.
        Na noite deste domingo, Serjão deu a vitória aos visitantes, contudo, não foi o suficiente para tirar a vantagem dos donos da casa. O Rio Grande comemora o Acesso a Série A2 e o título do primeiro turno. O São Gabriel, vice-campeão, irá disputar a terceira vaga a Divisão de Acesso contra o vice do segundo turno.

Resultados do final de semana


DIVISÃO DE ACESSO
Sábado 
Santo Ângelo 2x1 Avenida

Domingo
Riograndense 1x1 Cerâmica
Riopardense 0x6 Inter-SM
União Frederiquense 1x0 Tupi
Canoas 1x3 Panambi
Santa Cruz 1x2 Ypiranga
Glória 3x0 Marau
Nova Prata 3x3 Brasil-FA

CLASSIFICAÇÃO
http://www.peleiafc.com/p/divisao-de-acesso.html

TERCEIRONA - FINAL 1º TURNO
18:30- Rio Grande 0x1 São Gabriel (1º jogo - SG 1x2 RG)
RIO GRANDE CAMPEÃO

Campeão do 1º turno da Terceirona será conhecido hoje


       A partir das 18 horas e 30 minutos começará aser conhecido o primeiro campeão de turno da Terceirona Gaúcha 2014. Rio Grande e São Gabriel entram em campo no estádio Arthur Lawson, na zona sul do estado para decidir quem ficará com a primeira vaga a Divisão de Acesso de 2015.
      No meio de semana, no primeiro jogo da final, o Vovô levou a melhor, fora de casa e venceu o Guri do estado por 2 a 1. A vantagem agora é do clube mais velho do Brasil, que pode empatar e até mesmo perder por 1 a 0, que fica com o título do primeiro turno da Série C Gaúcha.
      O Estádio promete estar lotado para o confronto. O São Gabriel tem que vencer por dois de diferença, uma tarefa difícil, mas não impossível.

CAJU da Série C termina empatado no estádio Centenário


            Mesmo jogando melhor o clássico Ca-Ju 274, a S.E.R. Caxias estreou com empate por 0 a 0 na Série C do Campeonato Brasileiro. No confronto realizado no Estádio Francisco Stedile (Centenário) na tarde de sábado (26), o time grená teve um gol anulado na primeira etapa.
           O jogo começou com o Caxias tendo mais volume de jogo. Marcando forte no meio de campo, o time grená era superior. A primeira oportunidade de gol veio aos 24 minutos. Wallacer cobrou falta do lado esquerdo, o zagueiro Tiago desviou de cabeça e a bola passou perto.
          Aos 30, o time grená teve um gol mal anulado, quando Léo Korte mandou para o gol em condição legal. Antes do apito final da primeira etapa, Bebeto chutou da intermediária, levando perigo ao gol de Luiz Carlos.
         No segundo tempo o time grená teve as melhores oportunidades de gol. Aos oito, Mailson fez boa jogada individual pelo lado esquerdo de ataque, foi ao fundo e cruzou para Wallacer. O meia bateu de primeira para boa defesa do goleiro adversário.
         A equipe grená pressionou até o fim mas não conseguiu marcar. O Caxias volta a campo pela Série C diante do Guaratinguetá, no interior de São Paulo, no próximo sábado (3), às 15h.  

Ficha Técnica
S.E.R. Caxias: Douglas; Bebeto, Tiago, Léo Korte e Alisson Gaúcho; Baiano, Alisson, Wallacer e Rafael Carioca; Julio Madureira e Mailson. Técnico: Beto Campos.
Juventude: Luiz Carlos; Juliano, Rafael Pereira, Diogo e Julinho; Mika, Itaqui e Yann; Gustavo Ermel, Rafael Macena e Douglas. Técnico: Roger Machado. 
Cartões amarelos: Bebeto, Léo Korte, Mailson (C); Ermel, Diogo, Mika, Yann (J).
Expulsões: Alisson Gaúcho (C); Juliano (J).

Site do Caxias

Santo Ângelo vence o Avenida e quer brigar pela liderança do grupo


           O Santo recebeu na tarde deste sábado (26) a equipe do Avenida de Santa Cruz do Sul no estádio da Zona Sul pela quinta rodada da divisão de acesso. O resultado ao poderia ser outro para a equipe missioneira a não ser a vitória e ela veio aos 37 minutos do segundo tempo com gol de Josimar.
           Começo o jogo com o Santo Ângelo indo para cima do Avenida e logo aos 10 minutos de jogo o meia Diniz acreditou e roubou a bola na lateral esquerda, ele passou para Alexandre mais atrás que até em uma bola despretensiosa cruzou na área e
Fábio Buda cabeceou de fora da pequena área no canto direito Vanderlei fazendo o seu primeiro gol com a camisa do Santo Ângelo e da partida.
         Em busca do empate e vendo que naquele momento tinha o jogo a seu favor, o Avenida pressionou bastante no final do primeiro tempo. Aos 46 minutos do primeiro tempo na cobrança de escanteio de Alexandre houve um desvio na primeira trave e Carlos Alberto na segunda aproveitou e marcou o gol de empate par o Avenida 1 a 1.
         Já no segundo tempo o jogo foi de muita marcação e ambos os treinadores efetuaram modificações em busca da vitória. No Santo Ângelo deu resultado aos 37 minutos quando Josimar que acabava de perder um gol sozinho na cara de Vanderlei em uma jogada por ele, Fábio Buda fez o pivô e escorou deixando Josimar novamente de frente com Vanderlei, desta vez não desperdiçou e fez 2 a 1.
          A Avenida ainda teve o zagueiro Sérgio Rafael expulso em jogada onde acabou em uma disputa pelo alto acertando apenas o atacante do Santo Ângelo Fábio Buda. A partir daí o Santo Ângelo segurou o resultado e a pressão final do Avenida. Final de jogo Santo Ângelo 2 a 1 no Avenida.
        Agora a equipe missioneira tem 10 pontos o grupo A e joga fora de casa na próxima rodada em Campo Bom contra a equipe do Canoas quinta – feira ás 15hs e 30 minutos buscando matematicamente a classificação e depois a liderança do grupo na última rodada contra o Tupy em Santo Ângelo.

ESCALAÇÕES
Santo Ângelo: Altiéri, Rossi, Éverton, Uilian Nicoletti e Douglas Ramos; Carlos Eduardo (Guilherme Santos), Juninho Ribeiro, Alexandre (Josimar), Lucas (Jhon Lennon) e Diniz; e Fábio Buda. Técnico: Elton Petry. 
Avenida: Vanderlei, Fininho, Sérgio Rafael, Altair e Maurício; Carlos Alberto, Bocha, Miro Bahia e Alexandre; Gilian e Clodoaldo  Técnico: Tonho Gil.
Amarelos: Éverton (SA) e Sergi Rafael (AVE)
Vermelho: Sérgio Rafael (AVE)
Gols: Fábio Buda (SA) aos 10’, e Carlos Alberto (AVE) aos 46’ do primeiro tempo. Josimar (SA) aos 37’ do segundo tempo.
FOTO: Murian Cesca/JM

ESPECIAL: Portugal de Cristiano Ronaldo quer fazer história no Brasil

      Portugal ainda sonha com a conquista de uma Copa Mundo. Este ano, os lusitanos apostam no futebol do melhor jogador da atualidade, Cristiano Ronaldo, para fazerem história nos gramados brasileiros. Portugal conseguiu se classificar apenas em cinco copas. A melhor campanha foi no primeiro mundial que jogou, em 1966, quando os portugueses conquistaram o terceiro lugar, graças ao craque Euzébio. E diga-se: naquela Copa o jogador lusitano foi melhor do que o Rei Pelé. O Brasil perdeu para Portugal por três a um, na primeira fase do mundial com Pelé e tudo, e Euzébio marcou dois gols. Nas copas seguintes, Portugal não foi bem. Em 86 e 2002, não passou da primeira fase. Em 2006, os lusitanos chegaram nas semifinais e, em 2010, ficaram nas oitavas. Portugal está no grupo G e estreia na Copa contra a Alemanha, em Salvador. O grupo não é fácil. Além de Portugal e Alemanha, Gana e Estados Unidos vão brigar por classificação. Cristiano Ronaldo e companhia vão ter que suar a camisa para levar Portugal a descobrir o melhor do mundial, no dia 13 de julho, no Maracanã.

ESPECIAL: França adora enfrentar Brasil em mundiais. Este ano, o encontro pode ocorrer na semifinal

          Platini, Giresse, Zidane e Henry. Nomes de craques franceses que causam arrepios na torcida brasileira. É não é para menos. A França tem histórico impressionante contra o Brasil em copas. Em quatro confrontos, os Bleus venceram a Seleção em três. E como doeu. Em 1986, Platini levou a melhor sobre a geração de Zico e Careca e eliminou o time brasileiro nas quartas de final. Em 1998, jogando em casa, a França esculachou o Brasil por três a zero na final, com show do meia Zidane. Em 2006, foi a vez de Henry, eliminar os penta campeões da Copa. Esse ano, Brasil e França podem se encontrar novamente nas semifinais do mundial. E é melhor a Seleção ficar esperta para não ser surpreendida em casa e ser eliminada mais uma vez pela França. Os gauleses vão contar com o talento de Franck Ribéry, considerado um dos melhores jogadores da atualidade e com o faro de gols dos atacantes Benzema e Giroud. A França está no grupo E da Copa junto com Suíça, Equador e Honduras. Os franceses estreiam no mundial no dia 15 de junho contra os hondurenhos, em Porto Alegre.

sábado, abril 26, 2014

Marau: Nova iluminação do Carlos Renato Bebber começa a ser instalada


            O início da semana foi marcado pelo começo da instalação do novo sistema de iluminação do estádio Carlos Renato Bebber. A reforma, realizada pelo Poder Público Municipal, foi colocada em prática no último dia 22, terça-feira, pela empresa vencedora da licitação.
            A nova iluminação do estádio contará com seis postes de luz em cada lado do gramado. Cada ponto terá seis luminárias de dois mil watts cada, totalizando 36 luminárias que, juntas, somam uma potência de 72 mil watts.
            Segundo Flávio Girardelo, engenheiro responsável pela obra, a nova iluminação terá uma melhor qualidade para a realização de jogos e eventos, uma vez que  são utilizadas modelos de lâmpadas padrões em outros estádios da região. A iluminação anterior do estádio, que foi retirada em fevereiro deste ano, possuía 42 mil watts.
            A previsão é que a nova iluminação seja totalmente concluída até 15 de maio, uma vez que a empresa depende de fornecedores de materiais para a conclusão da obra. 

Assessoria Marau
Alessandra Formagini

Rafael Carioca fala sobre a expectativa do clássico Ca-Ju 274

Foto: Rafael Tomé/SER Caxias
          Estrear no Campeonato Brasileiro da Série C contra seu maior rival é a dura missão que terá o Caxias neste sábado (26), às 16h, no estádio Centenário. O Ca-Ju 274 será o segundo encontro entre as duas equipes nesta temporada. O primeiro foi pela 6ª rodada do Gauchão e marcou a estreia de Rafael Carioca, meio campista do Caxias, no clássico regional. O triunfo conquistado anteriormente serve de alento e motivação para iniciar bem a competição nacional.
         “É sempre bom ter um clássico para disputar. A cidade para e nós somos o motivo disso. A primeira vitória sobre eles é passado. Era outra competição e o momento era diferente. Queremos começar bem o Brasileiro para demonstrar que mantivemos o nível do início do ano. Serão seis rodadas antes da parada para a Copa onde vamos lutar para conseguir o maior número de pontos possíveis”, assegurou o camiseta 11.
         Sem atuar em partidas oficiais desde a eliminação para o Internacional no Estadual, o clube da Serra dividiu-se em treinos físicos e táticos visando o acesso à segunda divisão nacional. Um dos trunfos para alcançar este objetivo, segundo Rafael, é a manutenção da equipe que jogou nos primeiros três meses da temporada.
         “Nós tivemos uma semana de férias quando fomos eliminados do Gauchão. Depois disso iniciamos a preparação para a Série C. A diretoria conseguiu manter a base que atuou durante o Estadual e isso, com certeza, é uma vantagem para os jogadores e para o Beto Campos (técnico do Caxias). Vamos entrar forte na competição por já termos entrosamento e, acima de tudo, um elenco com qualidade técnica”, analisou.
          O Caxias está no Grupo B com mais nove times. Os quatro primeiros se classificarão para a segunda fase do torneio, que será disputada em partidas eliminatórias. O retorno pós-Copa ocorrerá no dia 19 de julho.

Brasil-Pel renova com goleiro

Foto: Carlos Insaurriaga
          Um bom time começa por um bom goleiro. Essa velha máxima do futebol é repetida a risca no Bento Freitas. Mas como tudo que envolve o Clube do Povo, a história sempre recebe um ingrediente a mais. Por aqui, um bom time começa por bons goleiros. Se Luiz Muller se destacou como o melhor goleiro da competição, tendo a ajuda de uma equipe que marcava incansavelmente, o arqueiro tem a plena noção de que não foram apenas os colegas de partidas que o ajudaram. Treinos específicos, cansativos, fortes e com a participação de todos os goleiros do clube, fizeram os comandados do preparador Carlos Garcia obter elogios de todas as partes. Se um pupilo do grande Passarinho foi embora, outro ficará. O goleiro Anderson é mais um atleta a renovar o contrato com o Brasil.
        O portoalegrense Anderson Corrêa já é um experiente goleiro. Aos 32 anos, mas com cara de garoto, ele chegou ao Bento Freitas em 2012 e conquistou a todos do clube. Dedicado e muito competente, toda vez que foi acionado, fechou a meta rubro-negra e ganhou a admiração da Maior e Mais Fiel. Se o ídolo Luiz Muller, depois de muito ajudar o Brasil, foi se aventurar em outras terras, o clube está, segundo o preparador de goleiros Passarinho, bem servido de jogadores na posição. Para ele, o goleiro Anderson está pronto para vestir as luvas e fechar o gol na Série D do Brasileiro.

Assessoria 

Guarany de Bagé anuncia reforços

           O Departamento de Futebol do Guarany Futebol Clube anunciou na tarde desta sexta-feira a chega de dois reforços para o segundo turno da terceirona.
           O atacante Lucas Almeida, de 22 anos, nasceu em Canoas e teve como base o Aymoré. Sua principal experiência profissional foi no Metropolitano-SC.
            André Correa, volante, está desde a categoria sub-15 no Pelotas, onde se profissionalizou e participou de algumas partidas como titular. Com 18 anos, o jogador foi emprestado pelo time pelotense ao Guarany. Semana que vem, mais atletas devem ser incorporados ao elenco do técnico Osvaldo.

Sérgio Galvani
Diretor de Comunicação

Ypiranga enfrenta o Santa Cruz neste domingo

             A estrada. Esta está sendo a casa de atletas e comissão técnica do Ypiranga nos últimos dias. A equipe de Erechim está cumprindo uma sequência de jogos longe de Erechim na luta pela classificação para a próxima fase da competição. O trabalho no Colosso da Lagoa está acontecendo por etapas. O técnico Leocir Dall'Astra ressaltou que neste momento o foco da equipe é classificar para a próxima fase. Mas depois da partida diante do Brasil o torcedor já começa a sonhar com algo a mais nesta fase da competição. Isto pelo fato da equipe ter ratificado a melhor campanha na classificação geral e, mesmo com o empate, ter assumido a liderança do Grupo B. 
           Ypiranga e Brasil FAR reeditaram a final do primeiro turno, e apesar do empate ter sido considerado um bom resultado, sobrou muita reclamação de atletas, comissão técnica e diretores com relação a atuação da arbitragem. 
           Mas os profissionais do clube buscam esquecer a partida diante do Brasil e focam suas atenções no jogo diante do Santa Cruz. O Canarinho vai pegar a estrada novamente para entrar em campo no domingo, as 15h 30 em partida vália pela quinta rodada do segundo turno. 
           Líder do Grupo B e com a melhor campanha na Classificação Geral, a equipe de Erechim viaja para Santa Cruz do Sul com grandes aspirações. O Canarinho busca os três pontos para se garantir no topo da tabela e ter vantagens a partir do play-off fazendo os jogos decisivos sempre em seus domínios. 
         A equipe que começa a partida não deverá ter grandes mudanças com relação aquela que empatou na última quinta-feira, diante do Brasil FAR. A equipe de Erechim vem encontrando o seu melhor rendimento neste segundo turno, visto que a equipe corre atras do título da segunda etapa e ratificar a melhor campanha geral da competição. 
         O Santa Cruz vem fazendo uma campanha abaixo do que estava sendo esperada e chega na quinta rodada do segundo turno com apenas dois pontos na competição. Os donos da casa precisam da vitória diante do Ypiranga seguir sonhando com a classificação para o play-off. Já pelo lado do Canarinho, os três pontos podem encaminhar a classificação.

Assessoria

Paulo Turra, Camazzola e Túlio Flores: No Ca-Ju das lembranças, cada um tem o seu favorito


           O clássico Ca-Ju, marcado este sábado, dia 26, no Centenário, pela primeira rodada da Série 'C' do Brasileiro, desperta lembranças de quem já atuou no clássico. Um dos personagens é o hoje treinador Paulo Turra, ex-zagueiro do Caxias.
           - Dentre os tantos clássicos que disputei, acredito que o maior jogo, em muitos aspectos, aconteceu em 2000, no primeiro turno do Gauchão. Duvido que tenho havido, na história, um clássico com maior público. O Jaconi estava lotado. A dupla tinha dois grandes times. Vencemos por 1 a 0, gol do Maurício - lembra Turra, que, com o Caxias, acabaria campeão estadual naquele ano.
           Sobre o clássico deste dia 26, Turra afirma que não existe favorito em Ca-Ju. Ele projeta boas campanhas de ambos os clubes na Série 'C'.
           - A dupla Ca-Ju tem uma pequena vantagem em relação aos outros do grupo por ter mantido uma base. Aliado aos poucos reforços contratados, podem tirar vantagem na primeira parte do campeonato - afirma.
          O volante Camazzola, 31 anos, que pretende voltar ao futebol brasileiro após sete anos de Europa, disputou apenas um clássico como profissional, pelo Juventude. Foi em 2004, pelo Gauchão: 2 a 1 para o Papo, no Jaconi. Camazzola recorda, também, dos confrontos nas categorias de base.
           - Na base, eram jogos bem pegados. Lembro-me de um que terminou em briga. Lembro-me, também, de um Ca-Ju de juniores que terminou 3 a 3 e eu fiz os três gols - conta o ex-jogador do Ju.
           O preparador físico do time sub-20 do Juventude, Túlio Flores, acompanha a movimentação no clube visando o clássico. E elogia o técnico Roger Machado.
           - O clima no clube é muito bom. A Série 'C' é encarada com seriedade, com pés no chão, mas o trabalho é feito sempre valorizando as categorias de base. Roger Machado é fora de série. Acompanhamos alguns treinamentos dele pois estamos ao lado, no Centro de Treinamentos. Ele dá treinos atualizados sempre com a experiência que adquiriu enquanto jogador. 

sexta-feira, abril 25, 2014

Federação marca data do congresso técnico da Copa FGF !

                   A Federação Gaúcha de Futebol divulgou, no seu site oficial, a data do congresso técnico da Copa FGF deste ano de 2014. O encontro será no dia dois de Junho em Porto Alegre. Já o campeonato inicia no 16 de Julho. Confira o comunicado:

COPA FGF – EDIÇÃO 2014 (2º SEMESTRE)
CONVOCAÇÃO PARA CONGRESSO TÉCNICO

         O Sr. Francisco Novelletto Neto, Presidente da Federação Gaúcha de Futebol, convoca os clubes de futebol profissional filiados para o Congresso Técnico da COPA FGF – EDIÇÃO 2014, como segue:

- Copa FGF – Edição 2014;
- Início da Competição: 16/07/2014 – Quarta feira;
- Congresso Técnico: 02/06/2014 – Segunda feira – 14h00min;
- Local: Auditório da FGF;
- Clubes habilitados: Todos os clubes PROFISSIONAIS filiados à Federação Gaúcha de Futebol em situação regular;
- Prazo de confirmação da participação na competição: Até 26/05/2014 – Segunda feira;
- Forma de confirmação da participação na competição: Ofício assinado pelo presidente do clube, confirmando a paticipação na Copa FGF – Edição 2014, digitalizado no formato JPG ou PDF;

Assédio de empresários preocupa o Inter-SM

Foto: Daniel Pillar / Assessoria Inter-SM
            Manter o foco para a sequencia da Divisão de Acesso é um dos objetivos do Internacional de Santa Maria. A semana foi de muita conversa do técnico Badico com o grupo de jogadores no estádio Presidente Vargas. O treinador, que está na sua segunda temporada pelo clube revelou, em entrevista a Rádio Imembuí, que o assédio dos empresários aos atletas do clube aumentou bastante:
           "Muitos jogadores nossos estão sendo assediados e isso começa a ter um prejuízo no foco, pois temos jogadores jovens e tu começa a pensar no que vai ter no segundo semestre, pré-contrato e assinatura de contrato e a gente acabou perdendo esse foco pois os empresários estão atrapalhando. Eu respeito muito os empresários, eles são importantes, mas aquele empresário que queira ajudar no momento certo." - disse o treinador