terça-feira, julho 15, 2014

Sem policiamento, amistoso na Boca do Lobo termina em briga e invasão de torcedores

Alguns torcedores invadiram o campo e agrediram membros da delegação
 do Cerâmica (Foto: Nágila Rodrigues/Rádio Brapel)
            O que era para ser mais um amistoso preparatório de duas equipes que buscam seus objetivos neste segundo semestre do futebol gaúcho acabou em confusão na zona sul do estado. A partida entre Pelotas e Cerâmica, realizada no estádio da Boca do Lobo, terminou aos 32 minutos do segundo tempo, quando os donos da casa venciam por 1 a 0, com gol de Pedrão, marcado aos 23 minutos da primeira etapa.
           O jogo não teve o policiamento da Brigada Militar, pois o estádio não está 100% regularizado nas questões envolvendo os alvarás do Corpo de Bombeiros. Sendo assim, o clube teve que contratar segurança particular para a partida amistosa.
          Aos 32 minutos do segundo tempo, o árbitro Carlos Aldrigi decidiu dar por encerrado o jogo após uma briga entre jogadores e minutos depois a invasão de torcedores no gramado do estádio que partiram para cima dos atletas. O jogador do Cerâmica Neguete precisou ser atendido na ambulância presente no estádio devido ao corte na cabeça. Sem condições de segurança para dar prosseguimento ao amistoso, o juiz encerrou a partida.
         Este foi o último amistoso preparatório do Lobão antes da estreia na Série D do Brasileirão, contra Penapolense, no domingo, na Boca do Lobo. O Pelotas deverá regularizar a situação do seu estádio até sexta-feira.

Um comentário:

TONY CORAZZA disse...

a federal tem q punir o numero 9 e o 11 do pelotas ai depois do 11 da um socoo sai de macinhooo pra lateral pra chamar a torcidaa...isso nao é jogador e sim um animal depois de uma mordida na copa esperamos algo a mais sobre esse acaso...gratoo